123456 Não é uma senha segura em 2017

By on

Todos sabemos que escolher uma senha segura é uma das melhores práticas para conseguir proteção na web, mas nem sempre seguimos essa recomendação. Que atire a primeira pedra quem nunca usou o primeiro endereço ou o nome do gato como senha, e, em nome da facilidade, usou essa mesma senha para diversas contas online. Podemos até admitir que em algum momento nós sequer usávamos para acessar o celular – muito mais rápido e mais fácil. Não é difícil de entender as questões que vêm com a necessidade de fazer login todas as vezes que vamos utilizar um serviço. Mas nunca é uma boa ideia trocar segurança por conveniência, especialmente com aparelhos e serviços que contém informação pessoal como as senhas do banco ou o endereço da sua casa. Senhas complexas ajudam a proteger seus dados bancários, seus e-mails e informações pessoais de serem acessadas por olhos curiosos.

Sim, informação segura de login é crucial para proteção das contas mas, precisamos ser práticos, sabemos que os seres humanos são criaturas que cultivam hábitos. Nós amamos usar a mesma senha para mais de uma conta online, usar senhas fáceis de serem lembradas como datas de aniversários ou apelidos ou, simplesmente, não mudar nunca as senhas dos aplicativos.

Perdas recentes têm nos mostrado que as senhas deveriam sempre ter prioridade (elas são tão importantes que foi criado o Dia Mundial da Senha, para te lembrar de mudar as suas!). A história nos mostra que hackers amam e vivem por senhas inseguras, então se usarmos senhas fracas para serviços importantes estaremos aumentando a vulnerabilidade de sofrer um ataque virtual. Para ter certeza de que a sua senha não é uma dessas, dê uma olhada na nossa lista de boas práticas.

– Não use uma palavra real: Se sua senha contém uma palavra do dicionário, melhor trocar. Não use nomes das flores favoritas ou do seu animal de estimação. Ao invés disso, tente uma palavra inexistente ou então uma mistura de gírias, palavras… aqui vale qualquer bobagem – entanto que você lembre, claro. Quanto mais complicado, melhor!

– Misture: A maior parte das senhas aceita a diferença entre letras minúsculas e maiúsculas, então aproveite! Jogue uns números aí no meio e está feita a receita. Para não estragar, evite a data do seu aniversário ou sequencias obvias de números.

– Usar o padrão pode ser um problemão: a maioria dos seus aparelhos “inteligentes” já vêm com senhas de fábrica. Então, assim que colocar as mãos em seus novos equipamentos, a primeira coisa que deve fazer é mudar a senha padrão. E não se esqueça de atualizá-la com frequência.

– Não existe senha universal: Não use a mesma senha para diversas contas. Mesmo que pareça chato e difícil lembrar dessas senhas, adotar uma estratégia de segurança inviolável certamente valerá a pena no longo prazo. Algumas soluções de gestão de senhas, como o True Key, são boas ajudas para manter suas informações de login organizadas. Elas também te ajudam a criar senhas seguras e únicas para você.

É importante lembrar sempre de mudar as senhas com frequência em todos os seus aparelhos e serviços online – isso cria uma dificuldade extra para os cybercriminosos acessarem suas informações pessoais. Proteger suas contas e dispositivos com ou se fio manterá os hackers longe.

Categories: Português

Leave a Comment